Alcatraz-de-patas-vermelhas Sula sula

Com populações dispersas um pouco por todo o mundo, esta espécie é, no entanto, mais comum nas áreas costeiras do Pacífico e suas ilhas. O Alcatraz-de-patas-vermelhas é uma ave social que prefere nidificar em colónias, embora até à data não tenhamos confirmação de reprodução no Raso.

  • Estatuto de conservação
    Estatuto de conservação

    Pouco Preocupante

  • Habitat
    Habitat

    Marinho

  • Distribuição
    Distribuição

    Espécie rara, actualmente presente no ilhéu Raso.

  • Tamanho
    Tamanho

    Comprimento 69-79 cm; Envergadura 152 cm

  • Peso
    Peso

    850-1100 g

Nas suas áreas de reprodução, ao contrário do Alcatraz-pardo, esta espécie põe apenas um ovo por ano, e prefere fazer os seus ninhos nas árvores ou em pequenos arbustos, em vez de no chão. Alimenta-se frequentemente de pequenos peixes, como peixe-voador, e lulas que captura mergulhando ou mesmo em voo junto à superfície do mar. Em termos de ameaça, esta espécie é particularmente vulnerável à caça e à destruição de zonas de nidificação, por desflorestação ou desmatação.

Curiosidade: Os adultos desta espécie podem ser de várias cores que coexistem na mesma colónia. Esta variação vai desde a cor chocolate a todo branco.

O trabalho da Biosfera

Outrora uma espécie rara em Cabo Verde, o Alcatraz-de-patas-vermelhas tem vindo a ser visto com cada vez mais frequência no ilhéu Raso, associado às existentes colónias de Alcatraz-pardo, onde de momento não há registos de reprodução. Desconhece-se por enquanto as causas deste aparecimento regular, bem como a origem desta pequena população, maioritariamente composta de indivíduos imaturos. Como a última espécie a ser estudada pela Biosfera, a ONG em conjunto com os seus parceiros (Universidade de Coimbra - MARE) tem trabalhado no sentido de responder a esta questão, bem como de perceber se se tratam dos mesmos indivíduos a visitar o ilhéu de ano para ano.

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
pt_PTPortuguês
en_GBEnglish (UK) pt_PTPortuguês