Carnaval da Biosfera 2019

Carnaval da Biosfera 2019

Há muito tempo que a Biosfera tem vindo a batalhar na preservação das aves marinhas em Cabo verde, aproveitando todas as oportunidades para melhor divulgar os problemas de conservação destas espécies. Já foram feitas palestras nas escolas e também exposições retratando a realidade das aves marinhas no nosso arquipélago, mas até agora nenhuma delas teve o alcance e tantos espectadores como no carnaval do Mindelo.

Pela primeira vez, em 2019, a Biosfera fez história no carnaval, colocando as nossas aves marinhas no centro da euforia, música, dança e cor do Mindelo, o destino carnavalesco mais famoso de África, que para muitos se equipara ao famoso carnaval do Brasil. Neste carnaval, a Biosfera foi o financiador principal do grupo carnavalesco “Estrelas do Mar”. A equipa Biosfera e seus voluntários, desfilaram trajados de aves marinhas de Cabo Verde, sendo o destaque da comissão de frente durante o desfile do grupo.

Todos os figurinos foram projetados pela designer da Biosfera, Nathalie Melo fazendo alusão a características específicas de cada uma das espécies. À passagem do grupo, podia-se ouvir cantar em plenos pulmões, “Gongon ondé Rób D’junco?” (Gongon onde está o Rabo-de-Junco?), refrão da música intitulada Gongon/Biorn (Pterodroma feae), uma das aves marinhas endémicas de Cabo Verde, ameaçada de extinção e que pode ser encontrada nas ilhas mais montanhosas.

Esta atividade só se tornou possível graças ao apoio da Fundação MAVA, BirdLife International e da CV Telecom no âmbito do projeto “Programa Alcyon – promoção da conservação das aves marinhas em Cabo Verde”.

 

Biosfera na linha de frente no Carnaval de São Vicente
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
pt_PTPortuguês
en_GBEnglish (UK) pt_PTPortuguês