Áreas Marinhas Protegidas

Áreas Marinhas Protegidas

A criação de áreas marinhas protegidas é um mecanismo de conservação onde as áreas com elevado valor ecológico são parciais ou totalmente protegidas.

Devido à exploração excessiva dos recursos marinhos a nível local, nacional e internacional, estas áreas protegidas são zonas essenciais para recuperar os stocks de biodiversidade e evitar o colapso ecológico, económico e social.
Cabo Verde tem 22 Áreas Marinhas Protegidas (AMP), mas a maioria delas ainda não tem Planos de Gestão e ainda menos tem planos aprovados e estão em fase de implementação.
A Biosfera está empenhada numa estratégia de co-gestão destas áreas, onde as comunidades que dependem dos seus recursos se tornam um elemento essencial e parte interessada na protecção das áreas protegidas.
Biosfera está actualmente a trabalhar na criação e gestão de três áreas protegidas:

  • Área Marinha Protegida da Comunidade de Calhau, ilha de São Vicente, 10,43 Km2

Iniciar a criação e assegurar a co-gestão da zona marinha protegida comunitária com e para a comunidade pesqueira.
Criar um negócio “New Blue” de ecoturismo para a observação da fauna subaquática.
Apresentação da área  Ver vídeo.

  • Área Marinha Protegida Oceânica, 30.000 Km2

O objetivo é assegurar a protecção de um grande corredor biológico (envolvendo diferentes habitats como Sea-Mounts, Planices abissais, Vertentes de Talude e Recifes oceânicos). Para este primeiro passo, estamos a liderar um inventário ecológico submarino, em colaboração com o Instituto do Mar, a Atlantic Technical Unversity, a University-Piaget do Mindelo e cientistas internacionais.

  • Área Marinha Protegida de Cruzinha, ilha de Santo Antão, 125 Km2

Esta AMP é oficial, mas sem um plano de gestão. Biosfera está a apoiar a consulta às comunidades piscatórias para propor um plano de gestão comunitária ao governo (um processo semelhante foi levado a cabo para a MPA de Calhau). Uma componente importante deste plano é integrar a comunidade em novas formas de rendimento sustentável, como o ecoturismo e a valorização dos produtos da pesca artesanal).

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
pt_PTPortuguês
en_GBEnglish (UK) pt_PTPortuguês